Seminário ''Latinidade e Herança Islâmica'' discute papel das mulheres iranianas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

Estudantes muçulmanas do Afeganistão.

11 de setembro de 2002

Rio de Janeiro — O segundo dia do Seminário Internacional sobre "Latinidade e Herança Islâmica", promovido pela Academia da Latinidade e pela Universidade Cândido Mendes, no Rio, teve a manhã marcada pelo debate "As mulheres iranianas – dimensões do diálogo Irã e Islã".

Em seguida, o encontro contou com a participação do presidente da Academia Brasileira de Letras (ABL), Alberto da Costa e Silva, que abordou tema: "O islã no Brasil do século XIX". O evento conta com a presença de escritores, pensadores, filósofos e cientistas políticos de vários países.

Segundo os organizadores do seminário, a palestra mais aguardada nesta quarta-feira pelos participantes é a de Alain Touraine "As Relações entre Sociedade, Cultura e Poder no Mundo Islâmico e no Mundo Latino".

Coincidindo com a passagem de um ano dos ataques aos Estados Unidos, a reunião tem como objetivo ser o testemunho de uma visão sobre o futuro. Este encontro dá seqüência à reunião realizada em Teerã e ao encontro dos pensadores ocidentais com o presidente do Irã, Mohamed Khatami, em março deste ano. O seminário será encerrado na sexta-feira (13).

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati