Sem Terra do Brasil fazem reféns

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

4 de maio de 2005

Brasil

Segundo o jornal O Estado de São Paulo mais de duas mil pessoas com vínculos com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), do Brasil, invadiram, hoje às 7h, a Fazenda Itamarati II situada na cidade de Ponta Porã, no estado brasileiro do Mato Grosso do Sul. Várias pessoas que estavam na fazenda foram tomadas como reféns pelo grupo do MST.

O grupo mantém como reféns 23 funcionários do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), do Instituto de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Idaterra) e do Instituto Estadual de Defesa Sanitária, Animal e Vegetal (Iagro). Foram apreendidos 14 veículos oficiais. Cerca de 160 crianças de uma escola que fica dentro da fazenda também ficaram detidas.

O MST diz que está a protestar contra o novo sistema de assentamento promovido pelo Incra no Mato Grosso do Sul.

Famílias que foram escolhidas pelo Incra para serem assentadas na região não concordam com a ação do MST. Existe um clima de tensão.

Fontes