Secretários de Segurança do Sudeste se reúnem para decidir ações contra o crime

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

14 de janeiro de 2015

Brasil

Os secretários de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, e de São Paulo, Alexandre de Moraes, mais o secretário de Defesa Social de Minas Gerais, Bernardo Santana, reuniram-se hoje (14) à tarde, no Centro Integrado de Comando e Controle da Cidade Nova, para definir estratégias conjuntas de combate ao crime. O encontro foi um desdobramento da reunião dos secretários da região com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, quarta-feira (7), em Brasília, para tratar de ações integradas de segurança entre forças federais e estaduais.

Segundo Beltrame, a reunião desta quarta-feira foi de alinhamento, para definir o início da atuação integrada. “Ainda temos que reunir mais informações e fazer encontros da etapa operacional com todos os estados da Região Sudeste, antes de partir para a prática”, completou.

Alexandre de Moraes informou que as ações entre as polícias dos estados da região vão ser reforçadas. “A integração será intensificada nos estados do Sudeste. Nesta reunião, foi possível pontuar algumas questões importantes, comuns aos nossos estados, para levar ao governo federal o que será necessário para auxiliar os estados no combate à criminalidade”, adiantou o secretário paulista..

O mineiro Bernardo Santana considerou o encontro relevante para definir medidas práticas de atuação conjunta. “Tratamos de questões importantes, de forma muito prática, e diminuímos distâncias entre nossos comandos das polícias Civil e Militar. Acima de tudo, conseguimos colocar um ritmo operacional que vai se refletir em resultados, de forma rápida, em nossos estados.”

Além dos secretários, participaram do encontro o comandante-geral da Polícia Militar do Rio de Janeiro, coronel Alberto Pinheiro Neto; o chefe da Polícia Civil, delegado Fernando Veloso; o subsecretário de Integração e Planejamento Operacional, Roberto Sá; o subsecretário de Comando e Controle, Edval Novaes; e outras autoridades policiais dos três estados.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com