Secretário-Geral da AIEA alerta sobre segurança em usinas nucleares da Ucrânia

Fonte: Wikinotícias
Rafael Grossi

17 de janeiro de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O secretário-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Rafael Grossi, repetidamente alertou sobre os problemas de segurança nuclear na Ucrânia, incluindo a usina nuclear de Zaporizhia, que foi ocupada pela Rússia ontem (16).

O secretário-geral Grossi, que visitou a Ucrânia, disse aos repórteres naquele dia: "A situação em torno da usina nuclear (de Zaporizhia) continua muito perigosa".

No início do mesmo dia, o secretário-geral Grossi anunciou em seu Twitter que estava seguindo um plano para enviar pessoal a todas as usinas nucleares na Ucrânia para apoiar a segurança nuclear.

Com relação a isso, um assessor do CEO da Rosenergoatom, agência estatal de energia da Rússia, disse à agência de notícias estatal russa TASS hoje (17): "Ter um inspetor da AIEA presente em cada usina nuclear não é eficiente e tem mais motivação política".

No mesmo dia, Grossi visitou a usina nuclear do sul da Ucrânia, cerca de 350 quilômetros ao sul da capital ucraniana, Kiev.

A visita do secretário-geral Grossi à Ucrânia é a sexta desde a invasão russa em fevereiro do ano passado.

Fontes