São Paulo vai permitir circulação livre de caminhões esta semana

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bandeira do Brasil
Outras notícias sobre o Brasil
Localização do Brasil
Localização do Brasil

Agência Brasil

27 de maio de 2018

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), acaba de informar que assinou um decreto para permitir a livre circulação de caminhões na capital paulista ao longo desta semana. A medida, segundo o prefeito, vai permitir que os caminhões, assim que encerrada a paralisação dos caminhoneiros, possam abastecer a cidade. Segundo o prefeito, o decreto começa a valer a partir de hoje e a publicação pode ocorrer oficialmente amanhã, em edição especial, ou na próxima terça-feira.

“Acabo de assinar um decreto suspendendo qualquer restrição à circulação de caminhões na cidade de São Paulo até domingo que vem. A gente espera que, com o fim da manifestação, possamos ter uma circulação maior e que o abastecimento da cidade possa voltar à normalidade dentro desta semana”, disse o prefeito.

O prefeito também anunciou que não haverá mais a necessidade de decretar ponto facultativo ou feriado na cidade de São Paulo.

Acordo com o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo (Sincopetro) permitiu, segundo o prefeito, que fossem abastecidos veículos destinados a serviços essenciais com 1 milhão de litros de combustível.

“Com a escolta de combustível, vindo da distribuidora da Petrobras em Barueri (Grande São Paulo), foi possível conseguir mais 1 milhão de litros de diesel. Da mesma forma, a partir de uma ação em conjunto com o Sincopetro conseguimos identificar quais postos de combustível tinham caminhões carregados dentro das distribuidoras. Escoltamos esses caminhões com a contrapartida de que esses postos ficassem exclusivamente para abastecimento de veículos de serviços essenciais na cidade”, disse o prefeito.

Segundo Covas, a prefeitura espera ainda ampliar a quantidade de postos exclusivos para o atendimento da frota municipal.

Com essas duas ações, disse o prefeito, a cidade está conseguindo manter os serviços essenciais, inclusive o serviço funerário. Hoje, apenas a coleta seletiva de lixo está suspensa e há preocupações com insumos para a merenda e o suprimento de gás de cozinha nas escolas públicas a partir de terça-feira. Para amanhã, a expectativa é que a frota de ônibus opere com 60% a 80% da frota. Neste domingo, a circulação, que normalmente ocorre com frota reduzida, está normal.

Doação de sangue

Durante a entrevista, o prefeito aproveitou para solicitar que as pessoas colaborem com a doação de sangue. “O Hospital das Clínicas pede que, quem puder fazer doação de sangue, aos que puderem se dirigir ao HC, O estoque de sangue está baixo, comprometendo esse serviço”, disse o prefeito.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati