Ruth Ginsburg terá uma estátua em Brooklyn

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Foto oficial de Ginsburg
Foto oficial de Ginsburg na Suprema Corte (2010)

20 de setembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Agência VOA

Uma estátua da falecida juíza do Supremo Tribunal; Ruth Bader Ginsburg, será construída em Brooklyn, sua terra natal, anunciou o governador de Nova York, Andrew Cuomo, no sábado.

Ruth Ginsburg morreu, na sexta-feira, de complicações de câncro aos 87 anos.

Renomada defensora dos direitos das mulheres, Ginsburg foi a segunda mulher juíza do Supremo Tribunal dos Estados Unidos, em 1993.

Cuomo, um democrata, disse que nomeará uma comissão para escolher um artista e supervisionar a seleção de um local para a estátua.

O governador disse que a estátua servirá para recordar as "muitas contribuições de Ginsburg para a América que conhecemos hoje e como uma inspiração para aqueles que continuarão o seu imenso trabalho".

Ginsburg nasceu no Brooklyn em 1933 e cresceu no bairro Flatbush.

Ela ganou notariedade, pela primeira vez, como litigante do Projeto dos Direitos da Mulher da União Americana de Liberdades Civis.

O governador disse que Ginsburg "buscou abnegadamente a verdade e a justiça num mundo dividido, dando voz aos sem voz e enaltecendo aqueles que foram afastados por forças de ódio e indiferença".

"Ruth Bader Ginsburg não precisa de um assento no Supremo Tribunal para ganhar o seu lugar nos livros de história americana", disse o então presidente Bill Clinton, quando anunciou a sua nomeação. "Ela já fez isso."

Notícia relacionada

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com