Reino Unido: tempo seco gera série de incêndios florestais

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

15 de junho de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Por Your Weather UK - Meteored

Muitas partes do Reino Unido viram temperaturas quentes, condições secas e muito sol na última semana. Embora o clima de verão seja bem-vindo por muitos, ele traz consigo o risco de incêndios florestais em algumas regiões e isso certamente foi provado nos últimos dias, com incêndios em Northumberland, Cairngorms e oeste da Escócia.

Este último local viu o maior exemplo, com quase 30 acres virando fumaça na Península de Arisaig, na costa oeste das Terras Altas da Escócia. O incêndio se espalhou acidentalmente de uma fogueira no jardim, com fortes ventos chicoteando a paisagem, causando danos generalizados ao ecossistema local.

As chamas chegaram a poucos metros de casas nas margens do Sound of Arisaig, com bombeiros e residentes trabalhando juntos para mantê-las sob controle. Embora não tenha havido danos a propriedades, acredita- se que milhares de árvores jovens tenham sido destruídas e pássaros que nidificam no solo também podem ter sofrido danos.

Um “perigo claro e presente”

Um incêndio separado eclodiu no último sábado perto de Loch Morlich, no Parque Nacional Cairngorms, enquanto outro atingiu uma área de floresta em Northumberland no mesmo dia. Ambos os incêndios ocorreram uma semana depois que autoridades e bombeiros emitiram alertas sobre o risco de incêndios florestais.

A ameaça não acabou, com a previsão de incêndios florestais no Reino Unido, com o Sistema Europeu de Informações sobre Incêndios Florestais (European Forest Fire Information System - EFFIS) mostrando que grandes partes do país estão sob risco "moderado" ou "alto" nos próximos dias.

À luz dos incidentes, um Membro do Parlamento Escocês (MSP) das Terras Altas e das Ilhas afirmou que os incêndios florestais representam uma grave ameaça para casas, empresas e a vida selvagem, lembrando que é preciso ter a responsabilidade de cuidar das áreas naturais.

Falando após o incêndio em Loch Morlich, o MSP Jamie Halcro Johnston disse: “Incêndios florestais, especialmente após um período prolongado de clima seco como o que estamos experimentando atualmente, representam um perigo claro e presente para esses habitats preciosos e para a vida selvagem vulnerável que depende deles. "

“Este último incidente realmente deve ser um lembrete para todos de quão vulneráveis ​​são alguns de nossos lugares mais especiais", completou.

Uma tendência preocupante

Os incidentes não devem surpreender, no entanto, com um estudo mostrando que os incêndios florestais no Reino Unido estão se tornando mais comuns à medida que nosso clima muda. Partes do sudeste da Inglaterra estarão em maior risco no futuro, com condições favoráveis ​​para incêndios florestais se tornando até cinco vezes mais comuns no país na última parte do século.

Somente no ano passado, o Northumberland County Council registrou 8 incêndios florestais e mais de 100 incêndios não controlados relacionados a churrascos e fogueiras. O problema é semelhante em outras partes do país, especialmente em torno dos pontos turísticos. Em agosto de 2020, os guardas florestais em Cairngorms tiveram que combater 143 incêndios em todo o parque nacional.

Com a previsão de mais calor e seca nos próximos dias, é importante estar mais vigilante se você estiver aproveitando o bom tempo do lado de fora.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit