Recorde de investimentos em ouro compensa colapso do mercado asiático

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

30 de julho de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Um recorde de investimentos em ouro que levou os preços a níveis mais altos de todos os tempos, não foi suficiente para impedir que o colapso nas vendas de joias na Ásia reduzisse a demanda global por metais em 6% na primeira metade de 2020.

A pandemia de coronavírus provocou estocagem de ouro na Europa e na América do Norte como seguro contra inflação e turbulência no mercado, elevando os preços quase 30% este ano.

No entanto, preços altos reduziram substancilmente as vendas de jóias, bares e moedas na Ásia.

Os investidores acumularam um recorde de 1.131 toneladas de ouro, no valor de US $ 60 bilhões, nos seis meses até junho, ante 595 toneladas no mesmo período de 2019, informou o World Gold Council em seu último relatório trimestral. Enquanto isso, o uso de ouro em jóias caiu de 1.065 toneladas no ano passado para 572 toneladas este ano.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com