Receita afirma que envolvidos na Operação Pão Nosso lavaram dinheiro usando bitcoins

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


8 de março de 2018

A Operação Pão Nosso, anexo da Operação Lava Jato, concluiu que envolvidos usaram uma manobra inovadora para lavar dinheiro. A força-tarefa do Rio de Janeiro encontrou ações em bitcoin. Nesta terça-feira (13) foram criados 16 mandados, mas 7 pessoas foram presas, entre elas Marcelo Martins, delegado, Sérgio Cabral e César Rubens Monteiro de Carvalho.

O uso da moeda virtual foi afirmado em entrevista nesta terça. Segundo Luiz Henrique Casemiro, representante da Receita Federal, os envolvidos no esquema fizeram ações em bitcoin para enganar os órgãos públicos de controle financeiro. Segundo ele, foram quatro ações, totalizando R$ 300 mil em bitcoins.

Os suspeitos desviaram, pelo menos, R$ 73 milhões dos cofres públicos com superfaturamento e fraude na distribuição de pão para os presos das cadeias estaduais.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati