Rasmussen é reeleito na Dinamarca

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

15 de novembro de 2007

O primeiro-ministro reeleito Rasmussen.
Localização da Dinamarca

A coligação minoritária entre liberais e conservadores, liderada pelo primeiro-ministro Anders Fogh Rasmussen, foi reeleita. Com a totalidade dos votos apurados, a coligação entre liberais e conservadores, juntamente com os aliados do Partido do Povo Dinamarquês (PPD), de extrema-direita, que não integra o executivo mas é uma importante aliada no parlamento, conseguiram eleger 90 deputados.

Rasmussen salientou a importância do triunfo, dizendo que "Esta vitória é histórica porque pela primeira vez o partido liberal ganha três eleições seguidas e porque é a terceira ocasião em que consegue ser o maior partido da Dinamarca".

Anders Fogh Rasmussen aproveitou o bom desempenho econômico do país e a opinião pública favorável para antecipar uma votação que deveria ocorrer em 2009. O chefe de governo justificou as eleições antecipadas com a necessidade de ter uma situação estável para realizar importantes reformas nos serviços públicos, em particular no sistema de saúde.

Rasmussen informou à rainha Margrethe II sobre a continuidade do Governo, já que possui o apoio de um dos partidos que representam as Ilhas Faroe e garantiu, desta forma, os 90 assentos necessários para que obtenha maioria absoluta

Fontes