Rússia bombardeia Homs e 36 civis morrem na Síria

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

1 de outubro de 2015

Trinta e seis civis morreram, quarta-feira, na província síria de Homs, na sequência de um ataque russo, noticia a AFP, citando o líder do principal grupo de oposição daquele país.

Khaled Khola, líder da Coalizão Nacional Síria, disse à AFP que os ataques iniciados pela Rússia têm como objectivo "manter" o regime do presidente Bashar al Assad e não de atingir os jihadistas do grupo Estado Islâmico.

"Os russos atacaram hoje o norte de Homs e mataram 36 civis inocentes em zonas que combateram e venceram os jihadistas do Estado Islâmico", declarou Khoja.

"Todas as vítimas são civis. Nenhum faz parte das forças militares. É evidente que a intervenção russa tende a sustentar o regime e a criar um clima ainda mais caótico na Síria", acrescentou.

Ao lançar os ataques aéreos, a Rússia argumentou que a sua intenção é combater o terrorismo.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati