Rússia bombardeia Homs e 36 civis morrem na Síria

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

1 de outubro de 2015

Trinta e seis civis morreram, quarta-feira, na província síria de Homs, na sequência de um ataque russo, noticia a AFP, citando o líder do principal grupo de oposição daquele país.

Khaled Khola, líder da Coalizão Nacional Síria, disse à AFP que os ataques iniciados pela Rússia têm como objectivo "manter" o regime do presidente Bashar al Assad e não de atingir os jihadistas do grupo Estado Islâmico.

"Os russos atacaram hoje o norte de Homs e mataram 36 civis inocentes em zonas que combateram e venceram os jihadistas do Estado Islâmico", declarou Khoja.

"Todas as vítimas são civis. Nenhum faz parte das forças militares. É evidente que a intervenção russa tende a sustentar o regime e a criar um clima ainda mais caótico na Síria", acrescentou.

Ao lançar os ataques aéreos, a Rússia argumentou que a sua intenção é combater o terrorismo.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati