Que desafios as startups enfrentam na África?

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

21 de janeiro de 2018

O tema de hoje no Espaço do Ouvinte é empreendedorismo, e conversamos a respeito com o moçambicano Manuel Pedro Muteruco, de 25 anos, que tem duas startups no ramo das tecnologias de informação.

Ele é fundador da Mozstart, uma plataforma de financiamento coletivo e aceleradora de startups, e cofundador da Fundzani, uma plataforma de ensino que ajuda na preparação para exames de admissão no ensino superior.

Mas antes de avançarmos no assunto, sabe o que é uma startup? Startup é geralmente uma empresa que está iniciando sua operação no mercado e procurando desenvolver um modelo de negócio escalável e repetível. Estas companhias buscam a inovação em qualquer área ou ramo de atividade.

Muteruco tem um objetivo claro: quer usar a informática para otimizar e ajudar no desenvolvimento da África e também de outros continentes.

Ele explica que há vários desafios que as startups enfrentam, entre eles o desconhecimento do significado das palavras “startup e “empreendedorismo,” além da escassez de livros sobre o assunto em português.

Outros desafios também citados foram como encontrar opções de financiamento para uma startup e como fazer a aceleração dela.

Muteruco lembra que quando começou a investir teve muita dificuldade de encontrar uma aceleradora, ou seja um mentor, que lhe ajudasse a levar a empresa para um outro nível. A ideia primordial foi buscar o financiamento coletivo.

Manuel Muteruco, que é natural da Beira, província de Sofala, explica que a plataforma Mozstart ajuda os futuros empreendedores da seguinte forma.

O interessado precisa gravar um vídeo de três minutos e explicar sua ideia, quanto de dinheiro precisa para colocar aquilo em prática, e quais benefícios os investidores vão ter caso queiram investir na empresa. Depois o empreendedor escolhe se quer um financiamento coletivo ou se prefere uma parceria. Se optar por uma parceria é preciso informar qual é a percentagem das ações que o parceiro vai receber e quanto as ações valem.

Manuel Pedro Muteruco é estudante de engenharia informática no Instituto Politécnico da Guarda, Portugal. Para saber mais sobre o entrevistado, a plataforma de financiamento coletivo e aceleradora de startups, além da plataforma de ensino que ajuda na preparação para exames de admissão no ensino superior, confira a entrevista na íntegra!

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati