Quarto operador de telecomunicações à vista em Angola

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

27 de novembro de 2017

Concurso será lançado em breve e Angola Telecom terá parte do capital privatizada

O Governo angolano vai lançar até o final do ano um concurso público internacional para um quarto operador de telecomunicações.

"Vamos aumentar a concorrência. Vai melhorar o serviço e vamos atuar sobre os preços e a qualidade do serviço", prometeu nesta segunda-feira, 27, em Luanda o ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, ao revelar a abertura do concurso, que incluiu a rede fixa, móvel e de televisão por subscrição.

José Carvalho da Rocha adiantou ainda que o Estado terá 45 por cento da estrutura acionista do capital da nova empresa.

Ainda de acordo com Rocha, o Estado vai privatizar também 45 por cento do capital social da empresa pública Angola Telecom.

O governante revelou na ocasião haver muito interesse por parte de investidores nacionais e estrangeiros.

Angola tem neste momento, três operadores: Angola Telecom, Movicel e a Unitel, da empresária Isabel dos Santos, que domina o mercado.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati