Provas do Enem foram todas impressas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

10 de outubro de 2019

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 já foram impressas e metade delas já foram enviadas para os locais de aplicação. O ministro da Educação, Abraham Weintraub enfatizou: “Acabou o risco de não ter Enem”. O Enem 2019 será realizado em 1.727 municípios brasileiros de 3 a 10 de novembro. Mais de 5 milhões de pessoas farão o exame em 14 mil locais de aplicação de provas.

No total, foram impressas 10,3 milhões de evidências. A primeira remessa de 408 mil evidências foi enviada no dia 3 de outubro para locais de difícil acesso no Pará e na Bahia. Outros malotes foram para Rondônia, Piauí, Pernambuco e Mato Grosso. Os materiais ficaram sob os cuidados do 4º Batalhão de Infantaria Leve do Exército Brasileiro em Osasco (SP).

Em café da manhã com jornalistas nesta manhã (10), o ministro destacou que apesar dos problemas que a gráfica terá de enfrentar este ano, o cronograma está sendo cumprido e a prova está garantida. “Não teve problema nenhum com a gráfica”, destacou Weintraub.

No início deste ano, a RR Donnelley, que tinha contrato para imprimir o Enem, pediu concordata. Em abril, o Tribunal de Contas da União (TCU) autorizou a contratação de uma nova gráfica. Foi selecionado S.A. válido, o que garante a impressão da prova. A Valid foi a próxima gráfica na ordem do ranking no concurso realizado em 2016.

Neste ano, o TCU concordou em contratar um segundo lugar para que a prova fosse impressa a tempo - informou o ministro. Uma nova oferta será enviada para 2020. Segundo o Inep, o processo de criação de um novo anúncio está em andamento.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit