Promotor diz que Isabella pode ter sido colocada na grama

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

4 de abril de 2008

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O promotor Francisco José Taddei Cembranelli que investiga a morte da Isabella Nardoni, visitou o local do crime para avaliar do alto do edifício como foi a suposta queda da garota. Em entrevista concedida, Cembranelli comentou que não descarta a possibilidade da menina ter sido colocada na grama do jardim e não ter sido arremessada do sexto andar. Segundo o laudo divulgado nesta sexta-feira, a tela de proteção do apartamento, iniciou-se o corte com uma faca e terminou com uma tesoura, comenta a perícia. Os supostos criminosos Alexandre Nardoni, 29, pai da vítima e Anna Carolina Peixoto Jatobá, 23 a madrasta, submeteram-se a exames toxicológicos, mas não foi comprovado nenhum tipo de substâncias químicas ou álcool no sangue do casal. As investigações continuarão.

Fontes