Projecto de governação ambiental lançado em Maputo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Moçambique.
China.

Agência VOA

Iniciativa visa mudar a atitude dos moçambicanos nos mais diferentes níveis.

21 de julho de 2015

O Fundo Mundial para o Ambiente (WWF) lançou nesta terça-feira, 21, em Moçambique, uma campanha nacional para a defesa e protecção dos recursos florestais.

Trata-se de uma iniciativa através da qual se pretende conseguir uma mudança de atitude a todos os níveis, por forma a que, através de novas abordagens de governação, haja um cada vez maior combate à delapidação dos recursos florestais, que em Moçambique tem como rosto central grupos chineses, que, segundo organizações da sociedade civil, contam com a conivência de políticos envolvidos em esquemas de corrupção.

Segundo Anabela Rodrigues, directora do WWF em Maputo, este é o momento de passar das palavras à acção, por forma a dar mais prazo de validade às florestas moçambicanas.

Estudos recentes revelam que a ofensiva criminosa contra as espécies florestais nativas e preciosas em Moçambique já atingiu as áreas de conservação e, apesar de algum compromisso manifestado pelo actual Governo, o perigo ainda mora.

Nos últimos três anos, foram reportados casos de milhares de metros cúbicos de espécies nativas abatidas de forma indiscriminada e insustentável, deixando milhares de hectares desprotegidas, abrindo espaço para perigos provenientes das mudanças climáticas.

Notícia Relacionada

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati