Professor atacado em escola secundária francesa

Fonte: Wikinotícias

14 de outubro de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Um homem que estava sob vigilância por extremismo islâmico esfaqueou até à morte um professor numa escola em França.

Segundo a AP e a Reuters, no dia 13, um homem de 20 anos da Chechênia, na Rússia, brandiu uma arma na Escola Secundária Gambetta, em Arras, nordeste da França, matando um professor e ferindo outros três.

O homem que causou o incidente foi Mohammed Moguchikov, que teria gritado em árabe "Deus é grande" durante o incidente.

Atualmente, ele está detido e investigado pelas autoridades francesas. Seu irmão mais novo também foi preso perto da escola.

O presidente francês, Emmanuel Macron, reuniu-se com jornalistas no local do incidente e disse: “Fomos mais uma vez atingidos pela barbárie do terrorismo islâmico”.

A França está monitorando a possibilidade de este incidente estar ligado ao recente conflito entre Israel e o Hamas.

Neste dia, o presidente Macron presidiu uma reunião de segurança de emergência e elevou o alerta de segurança da França ao mais alto nível.

Fontes