Primeiro transplante de rosto é feito na França

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

2 de dezembro de 2005

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Cirurgiões franceses, liderados por Bernard Devauchelle e Jean Michel Dubernard, realizaram no último final de semana uma operação de transplante de rosto numa mulher que tinha perdido o nariz, os lábios e o queixo, depois de ter sido atacada por um cachorro.

Segundo Iain Hutchison, cirurgião do Hospital Barts de Londres, o transplante é o primeiro a empregar a pele de outra pessoa.

Os médicos afirmaram que o novo rosto da mulher será um "híbrido" entre o rosto do doador e sua própria face antes do ataque.

Na operação, que durou cinco horas, os tecidos, músculos, artérias e veias de um doador, da cidade de Lille, foram unidos ao rosto da mulher. Decidiu-se usar a pele do rosto de outra pessoa em lugar da pele de outra parte do corpo do próprio paciente, pois assim há mais chances de a textura e a cor da pele combinarem.

Um comunicado emitido pelo hospital disse que a paciente tem 38 anos de idade e que prefere permanecer no anonimato. Ela não consegue comer nem falar normalmente desde que se machucou. O hospital informou que a mulher se encontra de modo geral se encontra em bom estado e que a operação de enxerto de pele ocorreu normal.

Fontes