Primeiro-ministro da Polônia diz que Zelenskyy ofende poloneses

Fonte: Wikinotícias

22 de setembro de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Na sexta-feira, o primeiro-ministro da Polônia, Mateusz Morawiecki, pediu ao presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, para não "insultar" os poloneses.

As crescentes tensões entre a Polônia e a Ucrânia sobre as importações de cereais não afetarão as relações bilaterais, disse o presidente, Andrzej Duda, na sexta-feira, numa conferência de negócios. "Não tenho dúvidas de que a disputa sobre o fornecimento de cereais da Ucrânia ao mercado polonês é um fragmento absoluto de todas as relações polaco-ucranianas."

As tensões têm aumentado entre os países desde que Varsóvia iniciou a proibição temporária das importações de cereais da Ucrânia para proteger os agricultores locais.

A Ucrânia pressionou por um acordo com a Polônia na quinta-feira para acabar com as restrições aos grãos.

No seu discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas esta semana, Zelenskyy disse que Kiev está trabalhando para preservar as rotas terrestres para a exportação de cereais, mas acrescentou que o "teatro político" ajuda Moscou.

"Eu... quero dizer ao presidente Zelenskyy para nunca mais insultar os poloneses, como fez recentemente durante o seu discurso na ONU", disse o primeiro-ministro Morawiecki, citado pela agência de notícias estatal PAP.

A Polônia disse quinta-feira que só fornecerá à Ucrânia entregas previamente acordadas de munições e armamentos.

A declaração de um porta-voz do governo veio um dia depois de Morawiecki anunciar o fim das transferências de armas para a Ucrânia, enquanto a Polônia trabalha para se armar “com as armas mais modernas”.

Fontes