Presidente deposto de Honduras diz que não vai aceitar o exílio

Agência Brasil

Honduras • 5 de setembro de 2009

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, afirmou que não vai aceitar nunca o que chamou de “exílio”. Ele disse ainda que aguarda os resultados de ações tomadas pela comunidade internacional para enfrentar a crise política que se instalou no país. As informações são da agência argentina Telam.


Estamos abrindo espaço para o direito e a paz. A comunidade internacional já se pronunciou contra o golpe de Estado e descartou reconhecer o resultado das próximas eleições, portanto, nos resta esperar.

—Zelaya

Fontes