Prefeitura do Rio vai assumir controle do sistema de bondes de Santa Teresa

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

17 de agosto de 2009

Rio de janeiro, RJ, Brasil


O controle do sistema de bondes de Santa Teresa, hoje sob responsabilidade da Secretaria Estadual de Transportes do Rio de janeiro, passará para a prefeitura. A informação foi divulgada hoje (17) pelo governador Sérgio Cabral. A decisão foi tomada um dia depois do acidente que envolveu um bonde, um táxi e um ônibus, deixando uma passageira morta e sete pessoas feridas.

O acidente aconteceu quando um táxi que vinha em sentido contrário chocou-se com o bonde em uma ladeira do bairro de Santa Teresa, área turística do Rio de janeiro. Segundo o condutor do veículo, o choque afetou o sistema de freios eletrônicos, e o bonde começou a descer de ré, batendo, em seguida, na lateral de um ônibus que subia a ladeira.

Elenir Batista, motorneiro do bonde acidentado, disse que não foi capaz de frear o veículo porque os carros novos não têm sistema de freio manual, como os bondes antigos. Já o governador informou que uma perícia independente será contratada para detectar se realmente houve problema de freio com o veículo.

Cabral defendeu ainda o replanejamento do tráfego na área de Santa Teresa, onde carros, ônibus e bondes disputam espaço em ruas estreitas e sinuosas. “O que nós temos que ter ali é uma organização do tráfego. O bondinho é um instrumento de transporte com um número grande de passageiros. É um transporte agradável, [de] que a cidade inteira gosta e [de] que os turistas gostam. Então, nós temos que, cada vez mais, melhorar as condições do bondinho”, afirmou o governador.

O bonde de Santa Teresa é uma atração antiga do Rio de janeiro e serve tanto para passeios turísticos quanto para o transporte de moradores.

Fonte


Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati