Prazo de pagamento de taxa de inscrição do Enem termina hoje

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bandeira do Brasil
Outras notícias sobre o Brasil
Localização do Brasil
Localização do Brasil
Estudantes participando da edição de 2007 do ENEM
Reportagem em áudio feita pela Radioagência Nacional fala sobre o fim do prazo de pagamento da taxa.

29 de maio de 2013

Termina hoje o prazo de pagamento da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Mais de 5,2 milhões de candidatos não terão de pagar a taxa, de acordo cálculos feitos pela Agência Brasil, com base em dados divulgados pelo Ministério da Educação. Isso representa cerca de 65% dos inscritos.

A isenção do pagamento vale para os estudantes que estão cursando o terceiro ano do ensino médio em escolas públicas ou aqueles que têm renda mensal per capita inferior a um salário mínimo e meio. Das 7,8 milhões de inscrições, apenas 395 mil foram pagas e pouco mais de 2 milhões ainda aguardam pagamento. Os candidatos devem pagar a taxa de R$ 35 em qualquer agência do Banco do Brasil. A inscrição só é confirmada após o pagamento.

Na edição do ano passado, foram 5,8 milhões de inscritos. Desses, 4,3 milhões fizeram a prova. Comparado com sua última edição, o Enem teve um aumento de 26% em relação às inscrições. As provas serão realizadas nos dias 26 e 27 de outubro em todos os estados da federação, a partir do meio-dia, horário de Brasília. O resultado da prova é usado para a entrada em programas como o ProUni e o Fies.

Custos

De acordo com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, o Enem custa três vezes menos do que os vestibulares regulares. Atualmente, 119 instituições públicas de ensino superior aderiram ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que possibilita o ingresso de estudantes nas universidades com a nota do Enem e permite também economia com os sistemas de seleção.

É uma economia de recurso que a gente pode investir mais em educação pública. Além disso, o Enem significa principalmente mais oportunidade para o jovem. Ele faz o Enem e com a nota que tem pode escolher qualquer curso no Brasil.
Aloizio Mercadante

O Enem gera uma economia de cerca de R$ 5 milhões por instituição, segundo Mercadante. Isso totaliza R$ 595 milhões poupados - valor que cobriria o gasto aproximado com o exame deste ano.

Em 2012, o exame custou R$ 46 por pessoa. Se todas as 7.834.024 milhões de inscrições forem confirmadas – ou seja, taxas pagas e isenções confirmadas – multiplicadas pelo valor por aluno de 2012, o custo aproximado com o exame será de R$ 360,3 milhões.

Links externos

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati