Prazo de pagamento de taxa de inscrição do Enem termina hoje

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estudantes participando da edição de 2007 do ENEM
Reportagem em áudio feita pela Radioagência Nacional fala sobre o fim do prazo de pagamento da taxa.

29 de maio de 2013

Termina hoje o prazo de pagamento da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Mais de 5,2 milhões de candidatos não terão de pagar a taxa, de acordo cálculos feitos pela Agência Brasil, com base em dados divulgados pelo Ministério da Educação. Isso representa cerca de 65% dos inscritos.

A isenção do pagamento vale para os estudantes que estão cursando o terceiro ano do ensino médio em escolas públicas ou aqueles que têm renda mensal per capita inferior a um salário mínimo e meio. Das 7,8 milhões de inscrições, apenas 395 mil foram pagas e pouco mais de 2 milhões ainda aguardam pagamento. Os candidatos devem pagar a taxa de R$ 35 em qualquer agência do Banco do Brasil. A inscrição só é confirmada após o pagamento.

Na edição do ano passado, foram 5,8 milhões de inscritos. Desses, 4,3 milhões fizeram a prova. Comparado com sua última edição, o Enem teve um aumento de 26% em relação às inscrições. As provas serão realizadas nos dias 26 e 27 de outubro em todos os estados da federação, a partir do meio-dia, horário de Brasília. O resultado da prova é usado para a entrada em programas como o ProUni e o Fies.

Custos

De acordo com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, o Enem custa três vezes menos do que os vestibulares regulares. Atualmente, 119 instituições públicas de ensino superior aderiram ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que possibilita o ingresso de estudantes nas universidades com a nota do Enem e permite também economia com os sistemas de seleção.

É uma economia de recurso que a gente pode investir mais em educação pública. Além disso, o Enem significa principalmente mais oportunidade para o jovem. Ele faz o Enem e com a nota que tem pode escolher qualquer curso no Brasil.
Aloizio Mercadante

O Enem gera uma economia de cerca de R$ 5 milhões por instituição, segundo Mercadante. Isso totaliza R$ 595 milhões poupados - valor que cobriria o gasto aproximado com o exame deste ano.

Em 2012, o exame custou R$ 46 por pessoa. Se todas as 7.834.024 milhões de inscrições forem confirmadas – ou seja, taxas pagas e isenções confirmadas – multiplicadas pelo valor por aluno de 2012, o custo aproximado com o exame será de R$ 360,3 milhões.

Links externos

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati