Prémio Internacional Calouste Gulbenkian distingue organizações ambientais

Fonte: Wikinotícias

17 de Julho de 2010

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A Sociedade dos Jornalistas do Ambiente e o Instituto do Ambiente Alpino foram os vencedores do Prémio Internacional Calouste Gulbenkian deste ano, recebendo o valor de 100 mil euros.

A Sociedade dos Jornalistas do Ambiente (SEJ), sediada nos EUA, é uma organização independente, fundada em 1990, por um grupo de repórteres, editores e produtores de todos os meios de comunicação social, que reúne actualmente mais de 1 500 membros de 30 países, e tem como objectivo o aperfeiçoamento da qualidade do trabalho jornalístico em matéria ambiental. Para este efeito, a sociedade tem promovido variados cursos, conferências e visitas de estudo a locais onde a degradação ambiental é mais sensível.

Fundado em 1995, o Instituto do Ambiente Alpino reúne sobretudo jovens investigadores, orientado a sua actividade de investigação numa perspectiva que combina a identificação e diagnóstico de problemas ambientais das zonas montanhosas com a procura de soluções e alternativas e sustentáveis, que possam recolher o apoio activo dos diferentes actores sociais e económicos envolvidos.


Fontes[editar | editar código-fonte]