Popularidade de Dilma Roussef continua em queda

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

28 de julho de 2015

Brasil

Sondagens apontam uma queda significativa na avaliação da imagem da Presidente brasileira.

A grave crise política e económica no [[Brasil[[ somada aos escândalos de corrupção, principalmente na Petrobras, têm derrubado a popularidade da Presidenta Dilma Rousseff.

A vitória apertada com 51,6% dos votos nas últimas eleições, em 2014, já demonstrava que os quatros anos de Governo seriam complicados para a Presidente.

Recentes pesquisas apontam uma queda significativa na avaliação da imagem da governante brasileira.

A última delas, da Confederação Nacional do Transporte (CNT) aponta uma rejeição de 71% (setenta e um por cento) dos brasileiros ao actual Governo petista.

Os números também indicam que, no momento, apenas 7,7% (sete vírgula sete por cento) dos brasileiros apoiam Dilma Rousseff.

A pesquisa questionou 2002 entrevistados neste mês de Julho, em 137 municípios de 25 Estados.

Este é o pior índice registado para um presidente brasileiro.

Até então, era do ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), em Setembro de 1999, durante seu segundo mandato.

À época, a gestão FHC foi considerada “ruim” ou “péssima” por 65 por cento dos entrevistados pela Confederação.

Diante deste momento de incertezas e tensão e de novas manifestações previstas nas capitais brasileiras para o dia 16 de Agosto, a Presidente Dilma prepara uma ofensiva.

Nesta semana, a Secretaria Geral da Presidência lança o site “Dialoga Brasil”, uma plataforma que vai avaliar a administração petista e planear reacções com antecedência.

Os internautas poderão avaliar os 73 programas de Governo, como Bolsa Família, Mais Médicos e Minha Casa, Minha Vida.

Neste primeiro momento quatro temas podem ser debatidos: saúde, educação, segurança pública e combate à pobreza.

O site vai ter ferramentas populares nas redes sociais, como “curtir” e “compartilhar”.

Nos últimos meses, a Presidente tentou melhorar a sua popularidade aparecendo mais em programas de TV e fazendo exercícios de bicicleta todas as manhãs pelas vias do Planalto.

Enquanto isso, a população acompanha com desconfiança esse cenário hostil, como mostram as vozes das ruas do país.

Notícia Relacionada

Fonte


Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati