Polícia do Rio prende a traficante internacional Morena do Pó

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

22 de setembro de 2014

Brasil — A polícia do Rio de Janeiro prendeu hoje (22) a líder de uma quadrilha de tráfico internacional de drogas e armamento, que atuava no Rio, em São Paulo, Minas Gerais e em Ponta Porã (MS), que faz fronteira, no Paraguai, com a cidade de Pedro Juan Caballero. A prisão de Patrícia Fernandes Pereira Campos Oliveira, conhecida como Morena do Pó, ou Pati, foi feita por policiais da 45ª Delegacia de Polícia (Complexo do Alemão), em uma casa de veraneio em Araruama, na Região dos Lagos. De acordo com a polícia, Patrícia fornecia armamento e drogas, principalmente, para as comunidades do Chapéu Mangueira, no Leme, e do Morro Dona Marta, em Botafogo, as duas na zona sul do Rio.

A polícia informou que Patrícia também era apontada como maior fornecedora de armas e drogas dos traficantes Márcio José Sabino Pereira - o Matemático (morto) - e Nei da Conceição Cruz - o Facão (preso). Ela é irmã do criminoso Marcello Fernandes Campos Oliveira, o Magaiver. Ele cumpre pena na Penitenciária Laércio da Costa Pellegrino, no Complexo de Gericinó, na zona norte, por sequestro e assalto. Conforme a polícia, Patrícia irá responder pelo crime de importar ou exportar mercadoria proibida ou iludir, no todo ou em parte, o pagamento de direito ou imposto devido pela entrada, pela saída ou pelo consumo de mercadoria. A definição do crime está incluída no Artigo 334 do Código Penal.

Fonte[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati