Polícia de Ohio liberará câmeras após morte de homem negro

3 de julho de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Em Akron, Ohio, um homem negro foi baleado e morto por um policial enquanto fugia de uma repressão policial.

As autoridades de Akron planejam divulgar um vídeo da câmera corporal da polícia no dia 3 do dia, após reação da opinião pública sobre a atuação da polícia.

A polícia de Akron disse no dia 27 do mês passado que Jayland Walker, um negro de 25 anos que violou as regras de trânsito, recebeu ordem de parar, mas ele teria atirado pelo menos 60 vezes em desobediência e fugindo. Walker morreu no local.

O advogado de Walker, Bobby DeSello, disse ao jornal Beacon Journal que foi brutal ver o vídeo da câmera corporal usada pela polícia na época e que havia balas alojadas por todo o corpo de Walker.

O tiroteio de Walker reacendeu a controvérsia sobre a brutalidade policial contra os negros.

Em Minneapolis, em 2020, a morte de George Floyd, um homem negro, por um policial branco, provocou protestos nos Estados Unidos pela brutalidade policial.

Fontes