Polícia Federal prende no Paraguai traficante e chefe do Comando Vermelho

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

23 de dezembro de 2014

Brasil

A Polícia Federal (PF) prendeu hoje (23), em Assunção, o traficante Luís Cláudio Machado, conhecido como Marreta. A ação contou com apoio das secretarias de Segurança Pública do Rio de Janeiro (Seseg) e Nacional Antidrogas (Senad) do Paraguai. Localizado em uma casa de luxo na capital paraguaia, Marreta é apontado como chefe do Comando Vermelho, uma das principais facções criminosas do estado do Rio. Ele estava foragido desde fevereiro de 2013, quando escapou do Instituto Penal Vicente Piragibe, em Bangu, na zona oeste do Rio.

De acordo com a Seseg, do Paraguai, Marreta coordenava, a atuação do Comando Vermelho e a distribuição de armas e drogas para comunidades dominadas pela facção nas zonas oeste e norte da cidade. Ele também é acusado de ordenar confrontos contra policiais e ataques à sede de unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). Na casa onde o traficante foi preso, os agentes encontraram um cofre com dólares, reais e guaranis, a moeda paraguaia. Na residência, estavam duas mulheres e uma criança. A PF informou que Marreta deve ser trazido ainda hoje para o Brasil. Ele será entregue à Polícia Federal em Foz do Iguaçu, no Paraná, e depois encaminhado à Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro.

Marreta é o quinto chefe do tráfico preso este ano. A Subsecretaria de Inteligência, com apoio da Polícia Federal, prendeu os chefes do tráfico dos complexos do Alemão e Penha, conhecidos, respectivamente, como Piná e 2D, o da Mangueira, Russão, e o da Região dos Lagos, Kadu Playboy.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati