Polêmica reportagem da CNN é acusada de fazer propaganda para o Hizbollah

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

26 de julho de 2006

Na terça-feira passada (18) o repórter Nic Robertson apresentou uma reportagem exclusiva para o canal de televisão CNN na qual, acompanhado por militantes do Hizbollah, inspecionava construções em Beiture que teriam sido bombardeadas pela Força Aérea Israelense.

Na matéria que foi ao ar, o jornalista e o cinegrafista obedeciam às ordens de um guia do Hizbollah que mostrava apartamentos destruídos e dizia que eles foram ocupados por mulheres e crianças inocentes antes dos ataques. O guia fazia sinais para o cinegrafista e dizia: "Olha aqui. Olha para este edifício. Ele é uma base militar? Ele é uma base militar ou há apenas civis morando nele?"

Num determinado ponto da reportagem, Nic Robertson faz o seguinte comentário: "...nós vimos muitos pontos de vida civil, nenhuma evidência aparente de equipamento militar".

A organização do Hizbollah mantém seus quartéis-generais no centro de Beirute, em regiões densamente povoadas por civis, para usá-los como escudos humanos.

Uma parte do público e outros jornalistas ficaram ofendidos com a reportagem de Nic Robertson. Pressionado por colegas jornalistas, como Howard Kurtz do Washington Post, Robertson reconheceu que o Hizbollah tinha o controle da situação quando foi feita a reportagem e que eles designavam os locais que deviam ser visitados. Ele disse que ele e sua equipe não tinham entrado em todas as casas quando disseram que "não havia nenhuma evidência aparente de equipamento militar".

Robertson se defendeu e disse que o público deveria estar ciente de que presenciou um apressado passeio guiado por um militante do Hizbollah. Todavia, mesmo assim foi criticado por não ter alertado os telespectadores para tal.

Ver também

Reportagem de Nic Robertson (CNN).
O jornalista Nic Robertson guiado por militantes do Hizbollah mostra um bairro que foi destruído pela Força Aérea Israelense.

Fontes