Pesquisadores restauram inscrições de 2.000 anos em templo egípcio

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

14 de novembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Pesquisadores do Instituto de Estudos do Antigo Oriente Próximo da Universidade de Tübingen, da Alemanha, em parceria com o Ministério do Turismo e Antiguidades do Egito, anunciaram ontem, 13, que recuperaram inscrições com mais de 2 mil anos de idade do templo de Esna. Estas restaurações iniciaram em 2018.

A equipe do egiptólogo Professor Christian Leitz, conseguiu revelar às cores originais das inscrições, as quais indicam de maneira inédita os nomes egípcios dados as constelações.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com