Pesquisadores descobrem soro produzido por cavalos eficaz contra a COVID-19

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

13 de agosto de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Cientistas brasileiros realizaram experimentos em cavalos e descobriram que os anticorpos produzidos pelo plasma animal são 20 a 50 vezes mais fortes do que os produzidos pelo homem. A pesquisa foi realizada pelo Instituto Vital Brazil (IVB) no laboratório oficial do Governo do Estado do Rio Niterói e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A descoberta será anunciada formalmente nesta quinta-feira (13), no encontro científico da Academia Nacional de Medicina.

Durante o experimento, cinco cavalos foram inoculados com a proteína S recombinante do coronavírus, responsável por sua proliferação em células humanas, produzida em maio pelo Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa em Engenharia (Coppe / UFRJ). Após 70 dias de observação, os anticorpos neutralizantes produzidos por quatro em cada cinco animais são dezenas de vezes mais eficazes no combate ao vírus do que os anticorpos encontrados em pacientes previamente infectados. Do sangue de cavalo, o soro anti-SARS-CoV-2 é produzido.

“Experimentos com plasma equino podem ser tratados em larga escala. Animais não serão afetados pelo processo de remoção do plasma, por isso temos muitos medicamentos disponíveis”, explica Adilson Stolet, presidente do Vital Brazil.

Fonte