Pequim pede aos residentes que se abstenham de sair em meio ao aumento de casos de COVID-19

21 de novembro de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Com o aumento do número de casos de novas infecções por coronavírus em Pequim, na China, as autoridades da cidade pediram no dia 20 aos residentes do distrito de Chaoyang, o maior distrito de Pequim, que se abstenham de sair.

O distrito de Chaoyang, localizado na parte leste da cidade de Pequim, é o distrito mais populoso da cidade de Pequim, com mais de 3,5 milhões de habitantes e abriga muitas embaixadas e empresas.

As autoridades da cidade de Pequim pediram aos residentes do distrito que fiquem em casa na segunda-feira, 21, pedindo que as empresas fechem e as escolas mudem as aulas para o online.

A cidade de Pequim teve 621 novos casos de infecção por COVID-19 no dia 19. Este é um aumento de mais de 100 casos em relação aos 515 registrados no dia anterior. No mesmo dia, mais de 24.000 novas infecções ocorreram em todo o país.

A China tem aderido à política de 'zero coronavírus' de exigir quarentena e testes em massa desde o início da pandemia de COVID-19.

Fontes