Pence culpa jovens por aumento de casos de COVID-19 nos EUA

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

28 de junho de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Hoje (28), o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, acusou os jovens de ignorarem as recomendações durante a pandemia de COVID-19. O número de casos no país aumentou bastante nos últimos dias, principalmente nos estados da Flórida, Texas e Arizona.

Em entrevista ao Face the Nation, da CBS, Pence disse que é "indiscutível" que o aumento no número de testes contribuiu para a elevada quantidade de casos, mas que "os americanos mais jovens" geram aglomerações.

Pence cancelou viagens que faria na próxima semana para a Flórida e o Arizona por precaução, devido ao aumento do número de casos nos dois estados. Ele disse que os EUA estão mais bem equipados clinicamente para lidar com a hospitalização de pacientes do que no início do ano.

Ele afirma que o presidente Donald Trump apoia as medidas tomadas pelos governadores da Flórida e do Texas para fechar novamente os bares e impedir que as pessoas se aglomerem, ignorando as advertências frequentes de especialistas em saúde para usar máscaras e manter o distanciamento.

O vice-presidente disse que o governo não considera necessária a imposição de regras nacionais para uso de máscaras. O presidente Trump raramente usa, mas Pence utilizou a máscara enquanto assistia a um culto em Dallas, Texas.

“Acreditamos que as pessoas devem usar máscaras sempre que o distanciamento social não for possível, onde quer que seja indicado pelas autoridades estaduais ou locais. Acreditamos que todo estado tem uma situação única”.

Ao todo, os EUA já registraram mais de 2,5 milhões de casos de COVID-19 e mais de 125 mil mortes. As autoridades de saúde estão prevendo que dezenas de milhares de estadunidenses a mais morrerão nos próximos meses.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit