Partido brasileiro PSOL obtém registro definitivo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

16 de setembro de 2005

Brasil

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) obteve na última quinta-feira, dia 15 de setembro de 2005, o registro definitivo outorgado pelo Tribunal Superior Eleitoral.

29° partido político em funcionamento, poderá trazer problemas ao Partido dos Trabalhadores (PT) nas eleições de 2006. Pesquisas de opinião coletadas após as denúncias do suposto esquema de Mensalão apontam um crescimento de eleitores que cogitam votar em Heloísa Helena, provável candidata do partido para a Presidência da República. Diversos intelectuais, correntes internas do PT e militantes individuais migraram nos últimos quatro meses para a legenda em formação.

Esta foi a segunda tentativa de oficialização do partido. Na primeira mais de 700 mil assinaturas haviam sido recolhidas. No entanto, o TSE reconheceu como legítimas quantia insuficiente. Desta vez, as 450 mil assinaturas apresentadas foram aceitas.

O partido poderá concorrer no próximo pleito, onde serão escolhidos o Presidente da República, governadores, deputados federais e estaduais e senadores. O número eleitoral, ítem necessário para as votações em urnas eletrônicas, será 50.


Fontes