Partido Trabalhista Australiano faz a maioria no Parlamento

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Kevin Rudd, líder dos Trabalhistas australianos.

27 de novembro de 2007

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O ex-dilpomata Kevin Rudd foi o grande vitorioso nas eleições ocorridas nesse final de semana na Austrália. O Partido Trabalhista Australiano conseguiu formar a maioria do Parlamento, derrotando o Partido Liberal, do atual primeiro-ministro John Howard, que buscava seu quinto mandato consecutivo.

Os dados preliminares da contagem também indicam que John Howard pode nem mesmo ter conseguido se reeleger deputado, pela primeira vez em 33 anos. Seria a segunda vez na história australiana que o premiêr não conseguiria eleger-se deputado. Howard era um aliado de primeira hora do presidente norte-americano George W. Bush, e seu apoio à Guerra do Iraque pode ter sido determinante na derrota segundo a análise da BBC publicada pela Folha de S. Paulo.

Rudd, anunciou, nesta segunda-feira, que seu governo pedirá perdão formalmente aos aborígines australianos no começo da nova legislatura. "Vamos emoldurar um sistema consultivo com as comunidades e isso pode nos tomar algum tempo"[1].

Fontes

Referências

  1. http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u348573.shtml