Parlamento russo aprova indicação de Medvedev para o cargo de primeiro-ministro

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

8 de maio de 2012

Rússia —


Brasília - O Parlamento da Rússia aprovou hoje (8), com 299 votos a favor e 144 contra, a designação do ex-presidente Dmitri Medvedev para o cargo de primeiro-ministro. A escolha é um direito exclusivo do chefe de Estado, que desde ontem voltou a ser Vladimir Putin, eleito para o terceiro mandato dele.

A indicação precisava do apoio de 226 dos 450 deputados. Além do partido Rússia Unida, o qual lidera, o novo primeiro-ministro também foi apoiado pelo Partido Liberal Democrático. O Partido Comunista e o movimento Rússia Justa votaram contra a indicação e criticaram a troca de cargos entre Putin e Medvedev. Medvedev era o presidente e Putin o primeiro-ministro no governo anterior.

Putin foi eleito em 4 de março com quase 64% dos votos. Ele foi presidente da Rússia por duas vezes, no período de 2000 a 2008, e reassumiu o poder em meio a manifestações públicas contra sua eleição e que cobram providências do governo para evitar o agravamento dos efeitos da crise econômica internacional.

Diante dos deputados, Medvedev recusou a proposta de adiar a entrada da Rússia na Organização Mundial do Comércio (OMC) e propôs aprovar cinco programas prioritários nas áreas de educação, ciência e tecnologia, agricultura e indústria florestal, defesa do meio ambiente e cultura.

Fonte