Parlamento brasileiro investiga notícias falsas nas eleições 2018

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aristóteles
Outras notícias sobre política


4 de julho de 2019

O presidente do Senado brasileiro, o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), criou na quarta-feira (3) a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar o uso de fake news nas eleições de 2018.

A Comissão foi proposta pelo deputado Alexandre Leite (DEM-SP), que reuniu assinaturas de 276 deputados e 48 senadores, terá prazo de 180 dias para investigar “denúncias de ataques cibernéticos que atentam contra a democracia e o debate público, de cyberbulling, de uso de perfis falsos para influir sobre as eleições de 2018, de aliciamento de crianças para crimes de ódio e suicídio, e contra autoridades”.

A criação da CPMI aconteceu em sessão do Congresso Nacional na tarde de ontem (quarta-feira) após a leitura do requerimento de criação da comissão no plenário.

Ao todo, serão 15 deputados e 15 senadores vão compor a comissão, criada em uma sessão do Congresso Nacional (o Parlamento brasileiro) que se instala após a indicação dos membros pelos partidos políticos.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati