Parlamento é fechado nas Filipinas após morte de funcionária com gripe suína

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

23 de junho de 2009

O presidente do Parlamento das Filipinas, Próspero Nograles, suspendeu hoje (23) todos os trabalhos na Câmara até o próximo domingo (28). A decisão foi tomada após a morte de uma funcionária infectada pela influenza A (H1N1) – gripe suína. As informações são da Agência Lusa, de Portugal.

A morte da funcionária de 49 anos e com problemas cardíacos foi confirmada ontem (22) como a primeira registrada não só nas Filipinas, mas também em toda a Ásia.

A orientação é que todos os funcionários do Parlamento sejam submetidos a testes que identifiquem a presença do vírus. Eles devem informar às autoridades sanitárias qualquer tipo de sintoma associado à doença, além de apresentar uma lista com o nome de todas as pessoas com as quais tiveram contato nos últimos dias.

De acordo com o último balanço da Organização Mundial da Saúde (OMS), as Filipinas já registram 344 casos confirmados de gripe suína.


Fontes


Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati