Papa chega ao Paraguai em sua última escala na América do Sul

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

10 de julho de 2015

Paraguai — O papa Francisco chegou na tarde de hoje (10) ao Paraguai, onde foi recebido no Aeroporto Internacional Silvio Pettiross pelo presidente Horácio Cartes. O Paraguai é última etapa da viagem de oito dias do pontífice à América Latina.

Ao sobrevoar o espaço aéreo argentino, com destino ao Paraguai, Francisco enviou dois telegramas: um ao presidente Evo Morales, a quem agradeceu, assim como ao povo boliviano, por ter “compartilhado dias cheios de graças e bênçãos”, e outro, à presidenta argentina, Cristina Kirchner.

"Ao sobrevoar a amada pátria argentina para começar a minha visita pastoral ao Paraguai, de bom grado envio uma cordial saudação a Sua Excelência, expressando minha proximidade e afeto a esta querida nação, para a qual peço ao Senhor copiosas graças que a permitam progredir nos valores humanos e espirituais, aumentando o compromisso pela justiça e pela paz”, diz a mensagem enviada à chefe do governo da Argentina.

Na Bolívia, Francisco visitou, na manhã desta sexta-feira, o Centro de Reabilitação de Palmasola, em Santa Cruz de la Sierra. Dirigindo-se aos presos, o pontífice afirmou que “reclusão não é o mesmo que exclusão, porque a reclusão faz parte de um processo de reinserção na sociedade”.

Há muitos elementos que jogam contra este lugar: a superlotação, a morosidade da justiça, a falta de terapias ocupacionais e de políticas de reabilitação, a violência. Tudo isso torna necessária uma pronta e eficaz aliança interinstitucional para se encontrar respostas. Mas, enquanto se luta por isso, não podemos dar tudo por perdido.

Papa Francisco

O papa iniciou a viagem à América do Sul no Equador, onde chegou no domingo (5). Ele encerra sua visita neste domingo (12) na capital paraguaia, Assunção, com um encontro com jovens.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati