PSDB vence a maior parte das principais câmaras municipais do Brasil

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

PMDB continua com o maior número de cidades e PT teve a maior queda de sempre.

31 de outubro de 2016

O PSDB foi o partido que mais elegeu presidentes de câmaras municiais (prefeitos) na segunda volta das eleições municipais no Brasil realizadas ontem (domingo, 30).

Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indicam que o partido social-democrata conquistou 14 prefeituras, de um total de 19 em que o PSDB disputava o cargo.

O PT, dos antigos presidentes Lula da Silva e Dilma Rousseff, não conquistou qualquer câmara municipal e foi o partido que mais autarquias perdeu, em cerca de 30 por cento.

Em segundo lugar, aparece o PMDB, que, elegeu nove prefeitos de um total de 15 disputas.

Já o PPS, que aparece em terceiro lugar com cinco prefeitos eleitos, havia disputado sete prefeituras.

No cômputo das duas voltas das eleições municipais, os números do PSDB são ainda melhores.

O partido elegeu 28 prefeitos nas cidades com mais de 200 mil eleitores, o que inclui as capitais do país.

O PT aparece em queda desde 2008, quando elegeu o maior número de prefeituras nesses municípios: 20 ao todo.

Em 2012, passou para 17 e, agora, para um eleito.

Em sentido contrário, em 2008, o PSDB elegeu 13 prefeitos, passou para 19 em 2012 e, agora, 28.

Outro partido que avançou nas cidades grandes foi o PMDB, do Presidente Michel Temer, que consultou 14 câmaras municipais.

O PPS, quarto partido que mais elegeu prefeitos nas cidades grandes, com seis no total, havia eleito três prefeitos em 2012.

Balanço final

No total, o PMDB termina a eleição de 2016 novamente como o partido com o maior número de prefeituras no país: 1.038.

O PSDB surge em segundo, com 803 cidades, o que representa um aumento de 15,5 por cento em relação a 2012.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati