PF faz operação contra quadrilha acusada de fraudar a Previdência em R$ 5 milhões

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

23 de junho de 2009

A Polícia Federal em Campinas deflagrou hoje (23) a Operação El Cid para reprimir uma organização criminosa acusada de ter fraudado o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em R$ 5 milhões.

A ação pretende cumprir 24 mandados de busca e apreensão, e 16 de prisão em seis municípios paulistas: Campinas, Indaiatuba, Hortolândia, Sumaré, Várzea Paulista e Franco da Rocha. No total, 115 policiais federais e dez servidores do INSS participam da operação.

De acordo com a polícia, os criminosos usavam declarações eletrônicas falsas para incluir o nomes de pessoas aliciadas pelo esquema no cadastro do INSS, além de alterar o tempo de contribuição e os valores pagos de segurados envolvidos.

Após as fraudes, eram requeridos benefícios previdenciários para os aliciados, em geral auxílio-doença com a apresentação de atestados médicos falsos.

Fonte


Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati