PF deflagra operação contra pornografia infantil na internet

Brasil • 27 de novembro de 2014

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A Polícia Federal deflagrou hoje (27) uma operação para combater a divulgação, pela internet, e o armazenamento de imagens pornográficas envolvendo crianças e adolescentes. São crimes previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente, puníveis com penas de três a seis anos de reclusão, para o compartilhamento, e de um a quatro anos, para quem guarda cópias das imagens.

Cerca de 40 policiais federais participam da chamada Operação Adoletá. Dez mandados de busca e apreensão são cumpridos em oito cidades do interior paulista (Campinas, Hortolândia, Monte Mor, Paulínia, Mogi Mirim, Mococa, Espírito Santo do Pinhal e Campo Limpo Paulista). Segundo a polícia, a operação é resultado do monitoramento que agentes especializados fazem na internet, especialmente nas redes sociais, com o propósito de identificar quem comete esses crimes contra crianças e adolescentes.

Fontes