PF cumpre mandados de prisão em nova fase da Lava Jato

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Emblema da Polícia Federal do Brasil

5 de dezembro de 2018

A PF (Polícia Federal) iniciou nesta quarta-feira (5) a operação Sem Limites, 57ª fase da Lava Jato, que investiga o pagamento de pelo menos US$ 31 milhões (o equivalente a quase R$ 120 milhões) em propinas para funcionários da Petrobras, entre 2009 e 2014.


A Polícia Federal (PF) iniciou nesta quarta-feira (5), a operação Sem Limites, 57ª fase da Lava Jato, no estado do Rio de Janeiro, com 11 mandados de prisão e 26 de busca e apreensão. Dez mandados de prisão preventiva são na capital e um em Niterói.

Entre os 26 mandados de busca e apreensão também há dois em Petrópolis, na região serrana do Rio, e um em Curitiba.

A operação investiga o pagamento de pelo menos US$ 31 milhões (o equivalente a quase R$ 120 milhões) em propinas para funcionários da Petrobras, entre 2009 e 2014 por ou para empresas estrangeiras.

O grupo agia para garantir vantagens indevidas a executivos e ganhos acima dos praticados pelo mercado às empresas envolvidas, que também teriam realizado negócios irregulares de locação de tanques de armazenagens.

A Polícia Federal informou que as operações de compra e venda de petróleo e derivados eram de responsabilidade da Diretoria de Abastecimento, mas não necessitavam de aprovação prévia da diretoria para ocorrer.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com