Oposição segue em obstrução contra compra de vacina pelo setor privado

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

7 de abril de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A oposição mantém obstrução contra o projeto que amplia a permissão de compra de vacinas pelo setor privado (PL 948/21). Falta votar quatro destaques para concluir a votação do texto, que libera a compra de vacinas pelo setor privado, com doação obrigatória de doses ao Sistema Único de Saúde.

Os empresários poderão comprar imunizantes que não tiveram aval da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), desde que autorizados por agências reconhecidas pela Organização Mundial de Saúde.

A líder do Psol deputada Taliria Petrone (RJ), disse que a proposta consolida a criação de uma fila dupla de vacinação, em prejuízo da população brasileira. “Vai gerar escassez de insumos e romper com o plano nacional de imunização com a vacinação de pessoas sem critérios epidemiológicos”, criticou.

O deputado Coronel Tadeu (PSL-SP) defendeu a proposta e afirmou que o texto está sendo objeto de “interpretações enganosas”. Ele destacou que o texto define que as empresas só poderão ser atendidas após a entrega de todos os lotes comprados pelo governo. E acusou governadores de atrasarem a vacinação.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit