Operador de câmera da FOX News é morto na Ucrânia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

15 de março de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A emissora norte-americana FOX News anunciou na terça-feira que o cinegrafista Pierre Zakrzewski morreu na Ucrânia.

Zakrzewski, de 55 anos, ficou ferido durante uma missão com o correspondente da FOX News, Benjamin Hall. O veículo deles foi atingido por um incêndio em Horenka, perto de Kiev, de acordo com um memorando compartilhado com a equipe da emissora.

Oleksandra Kuvshynova, uma jornalista ucraniana que estava com eles na época, também foi morta, disse o assessor do ministro de Assuntos Internos da Ucrânia, Anton Gerashchenko.

Hall, o correspondente do Departamento de Estado para a FOX, ainda está hospitalizado e recebendo tratamento para ferimentos.

Tanto ele quanto Zakrzewski eram jornalistas experientes que cobriram conflitos no Afeganistão, Iraque e Síria.

Em seu memorando para a equipe, a CEO da Fox News Media, Suzanne Scott, disse que o “talento de Zakrzewski, com sede em Londres, era incomparável”.

Zakrzewski “estava profundamente comprometido em contar a história e sua bravura, profissionalismo e ética de trabalho eram renomados”, dizia o memorando. “Todo mundo na indústria da mídia que cobriu uma história estrangeira conhecia e respeitava Pierre.”

Jornalistas prestaram homenagem a Zakrzewski nas mídias sociais, inclusive por seus esforços para ajudar a tirar jornalistas afegãos do Afeganistão com segurança quando o Taleban tomou o poder no ano passado.

O âncora da FOX News, Bill Hemmer, anunciou a morte na rede na terça-feira, descrevendo seu colega como “uma lenda absoluta.”

Em um briefing na terça-feira, a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, também prestou homenagem a Zakrzewski.

“Ele era um fotógrafo de zona de guerra que cobria quase todas as histórias internacionais para a Fox News, do Iraque ao Afeganistão e à Síria durante seu longo período trabalhando lá”, disse Psaki. “Nossos pensamentos, nossas orações estão com sua família e com toda a comunidade também.”

Os riscos estão aumentando para a mídia que cobre a invasão da Rússia na Ucrânia. O premiado cineasta americano Brent Renaud foi morto e seu colega Juan Arredondo ficou ferido no domingo, e Yevhenii Sakun, um operador de câmera ucraniano para TV ao vivo, foi morto durante um ataque russo a uma torre de TV em Kiev em 1º de março.

Fontes