Ofensiva em Gaza vai continuar, diz ministro israelense

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

5 de janeiro de 2009

O ministro da Defesa de Israel, Ehud Barak, afirmou hoje (5) a parlamentares do país que a ofensiva na Faixa de Gaza vai continuar, segundo informações da BBC Brasil. “Ainda não atingimos nossos objetivos”, disse. De acordo com Barak, o grupo militante palestino Hamas sofreu um “duro golpe” desde o início dos ataques, há dez dias.

No entanto, o Ministério da Saúde palestino afirma que pelo menos 90 pessoas foram mortas desde o início da ofensiva por terra no último sábado (3). A maioria seriam vítimas civis, que tentavam se proteger em casa.

Durante esta noite, o exército de Israel fez 30 ataques aéreos na região. Fortes explosões foram relatadas no leste da Cidade de Gaza. O território está dividido em duas partes e as tropas israelenses tomaram o controle da principal estrada que o atravessa.

Segundo fontes israelenses, cerca de 4 mil soldados estão dentro de Gaza, apoiados por tanques. Já o acesso de jornalistas estrangeiros na Faixa de Gaza foi proibido por Israel.

Fontes