Objectivos ambiciosos para o Museu Colecção Berardo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

21 de junho de 2007

Portugal

O director do museu, Jean-François Chougnet, estima que, no espaço de um ano, as exposições e actividades paralelas do novo Museu de Arte Moderna e Contemporânea vão atrair cerca de 400 mil visitantes ao Centro Cultural de Belém.

Com inauguração marcada para a próxima segunda-feira, o Museu Colecção Berardo vai exibir na exposição permanente obras de arte contemporânea em sete núcleos distintos. Os visitantes vão poder apreciar 450 peças retiradas, na sua maioria, da colecção da Fundação Berardo e também algumas cedidas por outras entidades.

Em destaque vão estar obras de artistas consagrados como Picasso, Bacon, Balthus, Andy Warhol. Também os artistas portugueses como Paula Rego, Vieira da Silva, Helena Almeida, Pedro Cabrita Reis, Jorge Molder e Ângelo de Sousa têm um lugar reservado na primeira exposição do Museu.

Os sete núcleos da exposição - Autonomia, Poder da Cor, Figura Reinventada, Minimalismos, Pop & C.a, Re-Take, Surrealismo e Mais Além – podem ser visitados autonomamente pelo público. Numa homenagem a Cesariny, poeta e pintor recentemente falecido e uma das figuras históricas do movimento surrealista em Portugal, serão exibidas obras cedidas pela Fundação Calouste Gulbenkian, Museu do Chiado e pela Fundação Cupertino de Miranda.

A inauguração oficial do novo espaço museológico de Lisboa está programada para o final da tarde de sexta-feira, com a presença do primeiro-ministro e outras individualidades. Dia 25 de junho, segunda-feira, terá lugar a abertura ao público, com um evento 24 horas non stop, que termina às 21 horas do dia seguinte. A animação estará a cargo do DJ Scott Gibbons, madrugada a dentro, e um espectáculo de fogo de artifício.

Entretanto, as obras de arte da Colecção Berardo podem ser vistas online, no site oficial Berardo Collection com imagens e informações sobre cada uma delas e os artistas que estão presentes no acervo.

Fontes