Obama não tenciona, por agora, telefonar a Michel Temer, mas reitera apoio ao Brasil

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

Porta-voz da Casa Branca diz que as instituições brasileiras são fortes e duráveis.

13 de maio de 2016

O Presidente Barack Obama não tem planos "no momento" para telefonar o Presidente brasileiro interino Michel Temer para saudar pela sua posse disse o porta-voz da Casa Branca, que reiterou a confiança nas instituições brasileiras.

Na conferência de imprensa diária na Casa Branca, nesta quinta-feira, 12, o porta-voz do Governo americano disse não ter conhecimento de qualquer telefonema, mas avançou que “temos a intenção de respeitar as instituições governamentais, as tradições e os procedimentos que o Governo brasileiro segue para dirigir o país”.

Questionado por jornalistas, Josh Earnest recordou não ser um especialista na Constituição brasileira, mas reiterou que a expectativa é que “as instituições do Governo brasileiro que foram construídas nas últimas décadas sejam suficientemente maduras e duráveis para resistir à turbulência política que o Brasil enfrenta agora que virou à direita".

Earnest disse ainda que essa sua leitura “não é para minimizar a importância óbvia dos eventos das últimas semanas, mas é um esforço para transmitir ao Governo brasileiro e ao povo brasileiro que os Estados Unidos valorizam a relação importante que os nossos dois países têm”.

O porta-voz da Casa Branca adiantou que “os Estados estarão ao lado do Brasil, mesmo nesse momento desafiador".

Por seu lado, a porta-voz do Departamento de Estado Elizabeth Trudeau afirmou que os dois países mantêm uma "relação robusta" e que os Estados Unidos "estão confiantes que o Brasil será capaz de lidar com seus desafios políticos de forma democrática".

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati