Obama diz que responsáveis por explosões em Boston serão punidos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

16 de abril de 2013


Brasília - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que os responsáveis pelas explosões na Maratona de Boston serão identificados e levados à Justiça. Segundo informações publicadas pela Agência Lusa, as explosões deixaram pelo menos dois mortos e mais de 100 feridos.

Nós ainda não sabemos quem fez isso e o porquê. As pessoas não devem tirar conclusões precipitadas antes de todos os fatos serem apurados. Nós iremos até o final disto. Iremos encontrar quem fez isto e saberemos os motivos. Indivíduos ou grupos serão responsabilizados e levados à Justiça

disse Obama em um pronunciamento de TV na tarde de hoje (15).

O presidente norte-americano informou que já pediu ao diretor do FBI (a Polícia Federal americana), Robert Mueller, investigue o caso e que o governo de Boston irá receber ajuda adicional.

Ele disse que, junto com a primeira-dama Michelle Obama, estão rezando pelas famílias das vítimas de Boston. Ele agradeceu o trabalho dos bombeiros, policiais e membros da Guarda Nacional no socorro às vítimas.

A Maratona de Boston é um dos principais eventos desportivos norte-americanos, com cerca de 27 mil corredores e milhares de espectadores. As imagens das televisões diretas do local mostraram cenas de pânico, com os destroços cobrindo as ruas e feridos sendo levados em macas. Testemunhas disseram que as duas explosões ocorreram em sequência, uma em seguida da outra e com poucos segundos de diferença, e não simultaneamente.

Segundo o jornal Boston Globe, as explosões ocorreram às 15h (horário local). É feriado estadual hoje em Boston. Relatos indicam que as explosões ocorreram cerca de três horas após os vencedores da prova terem cruzado a linha de chegada. Imagens gravadas de um helicóptero exibiram grandes manchas de sangue no asfalto na popular região de compras e turismo conhecida como Back Bay.

Informações apontam que a primeira explosão pode ter ocorrido no lado norte da Rua Boylston, antes da ponte que marca a linha de chegada. Outra forte explosão foi ouvida poucos segundos depois.

Os corredores que ainda não tinham completado a maratona foram desviados para longe do local da fumaça das explosões, e as ruas ao redor foram isoladas. A unidade da Cruz Vermelha para o leste do estado de Massachusetts montou um centro de resposta a desastres no local.

Segundo a CNN, foi elevado o nível de segurança nas cidades de Nova York e na capital Washington.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati