Obama, presidente dos EUA, participará no programa de humor

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de março de 2009

Estados Unidos

O presidente estadounidense estará no programa Jay Leno, onde protagonizará um humorístico nesta quinta-feira. É raro que um presidente participe em um programa de televisão, algo muito comum quando são os candidatos. George W. Bush ousou, em um discurso gravado, a dar uma entrevista a um veterano da Guerra do Iraque.

O presidente estadounidense, Barack Obama, visa promover uma mensagem sobre a economia a qualquer custo e por isso vai comparecer, onde em geral os presidentes não se atrevem: um programa humorístico noturno.

Segundo confirmou ontem a Casa Branca, Obama participará do programa The Tonight Show of Jay Leno, um dos mais célebres entre os espaços de humor da televisão estadounidense. O programa foi gravado em Los Angeles, cidade que o presidente pretende visitar durante uma visita pela Califórnia entre a quarta-feira e quinta-feira para promover as propostas econômicas.

Segundo declaram as fontes da Casa Branca, Obama gravará a declaração, que vai ser emitida quando ele estiver de volta à Washington, e será "tão divertido como puder ser, dada às circunstâncias econômicas" em que vive o país, atolada em uma crise.

A aparição de Obama no programa é algo incomum entre os presidentes estadounidenses (ou americanos). Acontece durante as campanhas eleitorais, que os candidatos concordam em participar em tais programas para mostrar um lado mais divertido e mais leve da personalidade, mas essas aparições concluem no momento que chegam à Presidência.

O atual presidente estadounidense não é um comediante natural e suas piadas, às vezes formuladas com um estilo inexpressivo, em certas ocasiões não conseguem os resultados esperados perante as câmeras. Em outras ocasiões, no entanto, foram anotados grandes êxitos, sobre tudo se optar por falar de si mesmo.

Assim, em um jantar de gala em Nova Iorque durante a campanha eleitoral para a caridade organizado pela Arquidiocese dessa cidade, Obama gerou grandes risadas quuado se referiu com o entusiasmo que desperta entre o povo e brincou que “contrariamente do que o pessoal pensa, [eu] não nasci no presépio. Nasci em Krypton e meu pai Kal-El me enviou à Terra", continuou o então candidato democrata, em uma alusão ao personagem das histórias em quadrinhos Super-homem.

Fonte