O impacto étnico nas Presidenciais da Guiné-Bissau

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

30 de julho de 2009

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Nestas eleições guineenses, apesar de Malam Bacai Sanhá ter vencido de forma confortável nos dois círculos eleitorais do Leste do país, áreas de forte concentração das etnias islamizadas, e de Kumba Ialá ter conseguido o maior número de votantes no extremo Sul, mais concretamente na região de Tombali, de forte concentração de comunidades da etnia Balanta, os analistas guineenses, contactados pela VOA, foram praticamente unânimes em desvalorizar o eventual peso do voto de natureza étnica no desfecho desta segunda volta das eleições presidenciais.

Foi o caso do académico e investigador Fafali Koudawo, académico e investigador de origem togolesa, entrevistado pelo nosso colega Nelson Herbert.

Fafali Koudawo será, por sinal, o convidado da edição do programa Temas e Debates, a ir para o ar na nossa emissão quinta-feira em que o desfecho das eleições presidenciais guineenses estará em análise.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit